Acerca de mim

A minha foto
Das tuas mãos toda a leveza era a certeza de te amar.
Procuro olhar para o tempo
olha-lo é viver....
procuro o instante de vento na alma para voar....
procuro a melodia de todos os tempos....
procuro amar...
O teu corpo respira no meu

entre beijos perdidos de amor

na cadência dos dias,

entre olhares fundidos
perco-me no teu olhar para sempre

Se pudesse sentir a calma dum rio,se pudesse sentir a brisa na alma,se não perdesse a alma nos dias,era leve como o vento,alto como as árvores que olham o céu,não procuro o sentido da vida,procuro viver sentindo o que sou,caminho alto sempre,olhos na vida.
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.